SELENIUM BIOFORTIFICATION IN RICE - A PRAGMATIC PERSPECTIVE

  • Karliana Oliveira Departamento de Ciências da Terra, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa, Campus da Caparica, 2829-516 Caparica, Portugal
  • Inês Maria Pataco Departamento de Ciências da Terra, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa, Campus da Caparica, 2829-516 Caparica, Portugal
  • Mara Palma Mourinho Departamento de Ciências da Terra, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa, Campus da Caparica, 2829-516 Caparica, Portugal2Bolsista da CAPES –
  • Cátia Santos Departamento de Ciências da Terra, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa, Campus da Caparica, 2829-516 Caparica, Portugal
  • João Pelica Departamento de Ciências da Terra, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa, Campus da Caparica, 2829-516 Caparica, Portugal
  • António Eduardo Leitão Grupo Interações Planta-Ambiente & Biodiversidade (PlantStress&Biodiversity), Centro de Ambiente, Agricultura e Desenvolvimento (BioTrop), Instituto de Investigação Científica Tropical, I.P. (IICT), Av. República, Quinta do Marquês, 2784-505 Oeiras, Portugal
  • Isabel P. Pais Unidade Estratégica de Investigação e Serviços de Biotecnologia e Recursos Genéticos, Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P. (INIAV), Av. República, Quinta do Marquês 2784-505 Oeiras, Portugal
  • Paula Scotti Campos Unidade Estratégica de Investigação e Serviços de Biotecnologia e Recursos Genéticos, Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P. (INIAV), Av. República, Quinta do Marquês 2784-505 Oeiras, Portugal
  • Fernando Henrique Reboredo Unidade Estratégica de Investigação e Serviços de Biotecnologia e Recursos Genéticos, Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P. (INIAV), Av. República, Quinta do Marquês 2784-505 Oeiras, Portugal
  • Maria Fernanda Pessoa Departamento de Ciências da Terra, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa, Campus da Caparica, 2829-516 Caparica, Portugal
  • José Cochicho Ramalho Grupo Interações Planta-Ambiente & Biodiversidade (PlantStress&Biodiversity), Centro de Ambiente, Agricultura eDesenvolvimento (BioTrop), Instituto de Investigação Científica Tropical, I.P. (IICT), Av. República, Quinta doMarquês, 2784-505 Oeiras, Portugal
  • Fernando Cebola Lidon 1Departamento de Ciências da Terra, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa, Campus daCaparica, 2829-516 Caparica, Portugal

Abstract

Selenium is an antioxidant trace mineral with important biochemical functions related to the enzymatic activity of selenoproteins. Due to a wide variation in the content of selenium from different plant sources, there is a high risk of deficiency of this nutrient in human nutrition, and particularly in the early childhood. Thus, the use of biofortified staple foods, namely selenium rice flour can be understood as an important trait, namely for food production for infants. This study aims to evaluate the importance of selenium biofortified rice flour, further considering baby foods.

Keywords: Baby food, Biofortification, Rice flour, Selenium
Statistics
101 Views | 213 Downloads
How to Cite
Oliveira, K., I. Pataco, M. Mourinho, C. Santos, J. Pelica, A. Leitão, I. Pais, P. Campos, F. Reboredo, M. Pessoa, J. Ramalho, and F. Lidon. “SELENIUM BIOFORTIFICATION IN RICE - A PRAGMATIC PERSPECTIVE”. Emirates Journal of Food and Agriculture, Vol. 27, no. 3, Mar. 2015, pp. 231-4, doi:https://doi.org/10.9755/ejfa.v27i3.19285. Accessed 18 Aug. 2022.
Section
Review Article